Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Essa assassina se livrou da pena morte graças a uma paixão

Em 2008, Jodi Arias foi condenada por assassinar seu namorado Travis Alexander, de 30 anos, com tiros e facads durante uma crise de ciúme. A princípio seu destino estaria fadado à pena de morte, no entanto, graças ao júri popular, sua sentença foi reduzida e hoje ela cumpre prisão perpétua. Em um livro recentemente publicado pelo promotor público que tomou conta do caso, Juan Martinez, uma teoria para o embrandecimento da pena deu o que falar nos Estados Unidos. A autoridade coloca na sua obra que Arias só não foi morta por seu crime porque um dos homens que compunha a banca de jurados populares teria se apaixonado perdidamente pela criminosa.

Pedido de impeachment contra Dilma é acolhido por Eduardo Cunha

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, informou nesta quarta-feira (2) que autorizou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O peemedebista afirmou que, dos sete pedidos de afastamento que ainda estavam aguardando sua análise, ele deu andamento ao requerimento formulado pelos juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Júnior.

Zeca Pagodinho é condenado a três anos de cadeia

A Justiça do Distrito Federal condenou o cantor Zeca Pagodinho a três anos de detenção por fraude na contratação de dois shows realizados na região em 2008. Segundo o Ministério Público, foi comprovado que houve superfaturamento no contrato do sambista em sua participação na 15ª Expoagro e no aniversário de Brasília, ambos no ano de 2008. Na ocasião, o músico cobrou R$ 120 mil por uma apresentação de 45 minutos no aniversário da cidade. Já a direção da exposição desembolsou cerca de R$ 170 mil para contar com o veterano em seu line-up.