Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Direito do Trabalho

Trabalho no Carnaval e a remuneração dobrada

Se quem estava achando que trabalhar no carnaval iria ser um péssimo negócio, pode ir se animando, já quem em tempos de crise, é a oportunidade de ter a remuneração aumentada. A lei garante uma remuneração dobrada, incluindo sobre as horas extras, para quem trabalha nos feriados. A segunda e quarta-feiras são considerados dias normais, mas na terça, seguindo o habito brasileiro já a vários anos os municípios decretam como o dia de folga.

JBS/Tyson é condenada a pagar tempo de troca de uniforme

Decisão abrange todo os empregados e ex-empregados da unidade de Itaiópolis - SC

Mafra
- O frigorífico Tyson Foods, do Grupo JBS, unidade de Itaiópolis, foi condenado pela Vara do Trabalho de Mafra a pagar, como horas extras, o período de troca de uniforme a todos os empregados e ex-empregados. A decisão beneficia todos os empregados que trabalharam no período de 19 de novembro de 2008 a 19 de agosto de 2013, bem como os ex-empregados que trabalharam neste período, desde que demitidos após  18 de novembro de 2011  (período imprescrito). A partir de agosto de 2013 a empresa passou a computar na jornada o tempo de troca de uniforme.

Fofoca provoca até pedido de demissão

Uma conversinha aqui, um burburinho ali e, quando menos se espera, a informação -- verdadeira ou não -- já correu pela empresa inteira. A fofoca no ambiente de trabalho é quase inevitável e produz insegurança e queda de produtividade.
Foi o que aconteceu com a economista Janete Lopes, 40, que soube pelos corredores que poderia ser transferida de cidade. "Não se falava em outra coisa no meu departamento a não ser que eu seria transferida para o interior de São Paulo", afirma.

Aviso prévio poderá ser de até 90 dias

A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem (21) projeto de lei que aumenta para até 90 dias o aviso prévio que o empregador deve conceder ao empregado demitido. Atualmente, quando a pessoa é demitida, deve permanecer no emprego por até 30 dias, independentemente do tempo de serviço.

Com a mudança, o aviso prévio será proporcional. O trabalhador com um ano de emprego mantém os 30 dias, mas para cada ano adicional de serviço, o aviso prévio aumenta em três dias, até o limite de 90, no total.

Nova Lei do Ponto Eletrônico entra em vigor nesta quinta-feira (01.09). Veja o que mudou.

A partir desta quinta-feira (1º), após ser adiada por duas vezes, entra em vigor em todo o Brasil a nova regulamentação do Sistema de Registro do Ponto Eletrônico. A exigência de utilização dos equipamentos de marcação com emissão do recibo estava prevista para começar em agosto do ano passado, quando foi prorrogada para março e finalmente para setembro deste ano. O prazo para a implantação foi prorrogado porque milhares de empresários e sindicatos alegaram que os fabricantes do equipamento não conseguiriam suprir a demanda dentro do tempo previsto.

Justiça: mau uso de e-mail corporativo justifica demissão

O Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (Distrito Federal e Tocantins) divulgou hoje que confirmou a sentença que dava legalidade à dispensa por justa causa de uma telefonista por ter feito mau uso do e-mail corporativo.

Segundo o processo, a funcionária utilizava o correio eletrônico para fins pessoais. A empresa também usou mensagens do e-mail dela para provar que ela desrespeitava clientes.

A funcionária demitida recorreu à Justiça alegando que as cópias do e-mail corporativo utilizada

Motivos que levam à demissão por justa causa

Existem pelo menos mais de dez maneiras para que a uma dispensa seja categorizada como justa causa

O empregador necessita de provas ou testemunhas antes de dispensar por justa causa São Paulo- Ser convidado para se desligar da empresa é um momento desagradável, mas inevitável em determinadas situações. Entretanto uma rescisão de contrato por justa causa é um registro que muitos não desejam para a sua carreira.