• Estes são os posts do marcador "Médico"
  • sexta-feira, 3 de julho de 2015

    Paciente deixa celular filmando e ganha de médicos indenização de R$ 1,7 milhão

    Antes de realizar um exame colonoscopia, um homem austríaco ligou o celular para gravar as informações do médico responsável sobre os cuidados que ele deveria tomar após o procedimento. Porém, o paciente deixou o aparelho ligado e se surpreendeu com os comentários bárbaros dos responsáveis pelo exame enquanto ele estava desacordado. O caso aconteceu na Virgínia, nos Estados Unidos.

    Continue lendo >>

    quinta-feira, 25 de junho de 2015

    Médico condenado por matar mulher não consegue anular perícia

    O desembargador convocado do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Leopoldo de Arruda Raposo negou pedido feito pela defesa do médico Luiz Henrique Semeghini, que pretendia anular uma perícia e retirar do processo o laudo respectivo. Semeghini foi condenado à pena de 16 anos e quatro meses de reclusão sob a acusação de ter matado a tiros sua mulher, Simone Maldonado, em outubro de 2000.
    A defesa entrou com o habeas corpus no STJ depois que o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) indeferiu a liminar pedida em outro habeas corpus, cujo objetivo também é o reconhecimento da ilicitude da perícia. Segundo a defesa de Semeghini, a íntegra da prova do crime não teria sido preservada pela polícia, o que ofenderia as garantias da ampla defesa e da paridade de armas.
    Afirmou também que a acusação teria se beneficiado com a perícia, pois só teriam sido colhidos vestígios para dar suporte à tese de homicídio qualificado por uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.
    Supressão de instância
    Na decisão, o desembargador convocado afirmou que não ficou caracterizada nenhuma ilegalidade flagrante, capaz de superar a aplicação da Súmula 691 do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a qual não cabe habeas corpus contra indeferimento de liminar em habeas corpus impetrado na instância anterior.
    Além disso, Leopoldo de Arruda Raposo destacou que a análise das questões levantadas perante o TJSP e reiteradas no STJ acarretaria indevida supressão de instância, pois elas ainda serão examinadas pela corte estadual no julgamento do mérito do habeas corpus ali impetrado.
    A decisão foi publicada terça-feira (23). Leia aqui a íntegra.
    Fonte: STJ

    Continue lendo >>

    domingo, 24 de novembro de 2013

    Médico preso pela morte de Michael Jackson declara: “Eu o amava. E sempre o amarei”

    O site americano Mail Online entrevistou Dr. Conrad Murray, preso pela morte de Michael Jackson. O médico manteve sua versão de que não matou o cantor e que sempre teve boa relação com o astro. Mais do que isso, Murray afirma que ele era uma das poucas pessoas que o Rei do Pop confiava.
    — Michael não confiava em ninguém. A cama dele cheirava mal porque ele nem sequer deixar empregadas irem lá para limpar. Havia roupas espalhadas por toda parte.

    Continue lendo >>

    Seguidores

    Total de visualizações de página

      ©Direito Atualizado Blog - Todos os direitos reservados.

    Template by Dicas Blogger | Topo